Conheça as 3 doenças mais comuns que podem aparecer nas mulheres e saiba como se prevenir.

Infelizmente, por mais que as mulheres se cuidem, tomem os seus medicamentos corretamente, tenham uma ótima saúde e uma alimentação impecável, algumas doenças as vezes são inevitáveis.

Por conta de possíveis problemas hormonais, os quais, as vezes são impossíveis de serem detectados, seja ainda por serem de fatores genéticos.

Assim, neste artigo vamos te mostrar as doenças mais recorrentes femininas tal como os melhores métodos de tratamentos.

Se interessou nesse assunto? Então, acompanhe esse texto até o final e fique sabendo de tudo sobre essas enfermidades.

Câncer de colo de útero e HPV 

O tão conhecido HPV é causado por um vírus, o qual, pode ser transmitido via relação sexual, por isso, a melhor forma de evita-lo é se prevenir durante as relações sexuais.

Caso você contraia o HPV, é importante começar o tratamento cedo, para que essa doença seja eliminada logo no seu princípio e não evolua para algo pior, como por exemplo, o câncer no colo do útero, um tipo de câncer raro, mas que pode provocar efeitos devastadores no corpo feminino.

Por isso, é importante fazer visitas regulares a sua ginecologista, para evitar que doenças como o HPV se desenvolvam, já que o seu tratamento é fácil de ser realizada, bastando o uso de alguns medicamentos específicos. Desta forma, há grandes chances do vírus ser eliminado do seu corpo. 

Corrimentos Vaginais 

Os corrimentos vaginais são as secreções que saem da vagina e costumam provocar fortes odores, os quais, se não forem cuidados, podem causar coceiras fortes e pequenas feridas na parte interna do útero, o também poderá causar dores no momento de urinar.

Por isso, é preciso prestar atenção no tipo de líquido que está sendo liberado, para evitar que um pequeno problema possa se tornar algo muito maior e mais difícil de curar.

Endometriose

Uma doença que atinge grande parte das mulheres é a endometriose e tem como principais sintomas a dor e a infertilidade. As cólicas costumam ser mais fortes que as menstruais mas nem todas as mulheres sentem as dores e por este motivo, a forma mais precisa de ser diagnosticar a doença é o exame de ecografia.

Os principais tratamentos são via medicamentos ou procedimento cirúrgico. O procedimento cirúrgico é definitivo. Já o tratamento por medicação alivia as dores e atualmente pode reduzir o foco da doença.

E você, já teve alguma dessas doenças? O que achou desse texto? Deixe o seu comentário abaixo e venha participar desse post.

Dra. Denise Coelho (Ginecologista e Blogueira

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentários:

Postar um comentário