Casal Sobre Rodas : A Pressão Das Redes Sociais

A Pressão Das Redes Sociais

 Oi meus amores, tudo bem? Hoje vim aqui falar algo do meu coração, pode ser um desabafo, mais acho que preciso postar aqui para mais pessoas, afinal você pode estar passando por isso também e quero que saiba que não está sozinho. Faz alguns meses que virou um hobby para mim deletar minha conta do instagram, reativar, excluir, começar outra com outro nome, deixar privado, empresarial, deletar novamente e o ciclo só se repete. Mas e qual o motivo de tudo isso?


Bom primeiro quero registrar aqui que um dos meus maiores motivos para criar o instagram foi divulgar o blog, mas acontece que nunca consegui crescer o suficiente na rede para ter o tão sonhado arrasta para cima que seria a minha ferramente de divulgação do blog. Então eu desisti de divulgar o blog e comecei a divulga minha vida a Amanda normal, a Amanda Fitness, a Amanda influencer quando decidi abrir meu instagram fitness e publico percebi apressão que sofremos na rede social.

Porque o instagram a rede social da beleza e perfeição, lá todo mundo é muito feliz, realizado, rico, tem o emprego dos sonhos, o corpo perfeito enfim.... Não preciso dizer tudo aqui porque vocês já sabem, acontece quem em meio a toda essa pressão acabei criando uma leve depressão pela rede, comecei a me sentir meio merda, não se preocupem pois não virou uma depressão eu sempre tive consciência que o problema estava sendo causada por abrir a rede e começar a me comparar. 

Pode parecer besteira mais é um catalogo de vidas perfeitas e nem percebemos que acabamos nos comparando com aquilo tudo. Mais o importante aqui é identificar o problema a tempo, se a rede social está te prejudicando talvez seja a hora de parar com ela, deixe de seguir perfis que te façam se sentir mal, faça um detox na sua rede literalmente e se nada der certo delete ela de uma vez. Afinal por qual motivo você mantem essa rede social? 

Depois que eu assisti um documentário na netflix eu acabei deletando todas as minhas redes sociais, mais acabei voltando para o meu instagram muitas vezes, sem perceber eu criei um habito terrível com um instagram que era acordar e já olhar o feed e eu passava o dia inteiro atualizando o meu feed e esperando por algo novo, postando foto e esperando desesperadamente pelos ♥, esperava que os seguidores aumentassem até que tive uma crise.

Uma crise de ansiedade e bloqueie meu perfil, deletei alguns seguidores mais de 500 para ser exata, ocultei todas as fotos que mostravam o meu corpo e deixei apenas sorrisos e selfies, e depois me frustrei porque fiquei sem seguidores, engraçado né como ficamos dependente de uma rede social? Você pode achar besteira mais eu estava totalmente dependente do meu instagram eu tinha vários perfis um para cada assunto e não dava conta de todos até que com um pouco de ajuda e companheirismo do meu marido no dia 08 de setembro de 2021 deletamos nossa conta no instagram todos os perfis e o sentimento é de leveza.

Confesso que é bem estranho pegar no celular e não ter a rede para acessar, mas no nível que ela estava me prejudicando não tem porque manter ela. O ideal é você saber a hora de parar, não é a primeira vez que saímos de alguma rede social, faz anos que já não usamos o facebook e o instagram não está trazendo felicidade nenhuma para nossas vidas é só um desperdício total de horas e dias.

A parte boa é que depois de ter deletado a rede social consegui até voltar para o meu blog, também tive mais tempo para ler meus livros, e confesso que estou me sentindo bem mais leve sem todas aquela pressão de vida perfeita, de postar fotos lindas e que sejam aceitas pela sociedade. Prefiro meu cantinho seguro por aqui, talvez um dia eu volte mais por enquanto vou curtir essa fase sem Insta e sem Face ou seja lá qual for a rede social do momento.

Mais Amanda você saiu de tudo? Não, eu ainda tenho as redes do blog que são: Twitter e Pinterest.

Enfim amores, só um desabafo mesmo caso você tenha me procurado e não me achou. E caso você sinta o mesmo deixa seu comentário aqui vamos nos ajudar!



0 comentário

Postar um comentário