Mais um texto sobre relações amorosas.


Quem vê a gente de fora não sabe nem metade da nossa história, não sabe o quanto foi difícil chegarmos aos três anos de namoro, as pessoas normalmente não sabem nada sobre nossas vidas mais elas sempre acham que foi fácil que sempre foi lindo e que sempre deu certo, é verdade sempre deu certo mais se deu certo foi porque nós quisemos que desse certo.

Os relacionamentos são assim cheios de altos e baixos, cheios de risadas e lagrimas, nem tudo são rosas tem aqueles casais que são tão feliz no começo mais ai quando começam a conhecer os defeitos um do outro já querem pular fora por não saberem enfrentar seus problemas, nós fomos diferente nosso começo não foi um conto de fadas, alias bem longe disso foi entre trancos e barrancos, mas não estou aqui para contar toda a nossa história né?

A três anos atrás você me levou para jantar, tirou uma caixinha de veludo e colocou em cima da mesa, ali naquele restaurante onde você estava todo sem jeito você me pediu em namoro e eu sorri porque achei engraçado seu jeito tímido e claro aqui estamos nós três anos depois relembrando todos esses momentos que nos mantiveram unidos...

É isso que falta nos casais de hoje eles já não são tão unidos mais, eles não confiam um no outro, não encaram os problemas, trocam um relacionamento por uma noite, nunca estão satisfeitos com seu parceiro querem sempre mais. Se um relacionamento não está dando certo já corre para outro afinal ta cheio de gente no mundo querendo um relacionamento sério de uma semana!

As pessoas não se valorizam mais, os tempos mudaram e os casamentos não duram mais 40 anos, isso é uma pena porque antigamente os casais se respeitavam mais. A falta de comunicação destrói famílias mais as pessoas insistem em trocar a conversa pela internet . Eu desejo que sejamos fortes para sempre sentarmos e conversamos, desejo que sempre resolvamos as nossas diferenças sem ter que envolver pessoas, desejo que sejamos sempre os melhores amigos que poderíamos ter.

Feliz três anos de namoro!
Com amor:

0 comentário

Postar um comentário