Casal Sobre Rodas : Ilha do Superagui - PR

Ilha do Superagui - PR

 Oi amores, tudo bem? Vamos começar o primeiro post do ano, na ultima semana de fevereiro porque nós somos de faze e não postamos por obrigação! Estamos vivendo uma pandemia e a ordem é ficar em casa, mas depois de um ano sem sair a gente começa a ficar doido né? Então procuramos lugares mais isolados para fugirmos um pouco da rotina e encontramos a ilha do Superagui.




A ilha está localizada ao norte da Baía de Paranaguá. O território faz parte do Parque Nacional do Superagui, junto com o Vale do Rio dos Patos, que engloba as ilhas das Peças, do Pinheiro e do Pinheirinho. A região é considerada pela Unesco como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade. A 150 km de distância de Curitiba, a ilha pertence ao município de Guaraqueçaba, próximo à fronteira de Paraná com São Paulo.

 


Para chegarmos até lá, fomos de carro até Paranaguá, encontramos um estacionamento para deixar o carro de sexta até domingo que deu um valor de R$ 90,00, e pegamos o barco bom destino Superagui, pagamos R$ 50,00 por pessoa para atravessar, de inicio pegamos um barco bem pequeninho e fomos até o lado oeste da ilha do mel, lá trocamos para o barco maior, e até ai estava super tranquilo o passeio, curtindo a natureza e tals. 



Mas nós tínhamos que passar por alto mar para chegarmos até a ilha, e um dia antes da nossa viagem tinha passado um ciclone no mar (Siiim!), então o mar estava revolto e meu amor você em um barquinho por um mar revolto confesso que passei muito medo sim, mas sobrevivi para contar a história né, foram 34km pelo mar 40 a 50 minutos de barco. 



Chegando na ilha você desse na praia, poise não tem um pier igual a ilha do mel, porque essa ilha não é muito visitada ainda, na verdade é uma ilha de pescadores, mas acreditem valem muito apena a viagem porque o lugar é lindo real. Bom voltando ao assunto fiz a besteira de ir de calça e como nós descemos na praia minha calça ficou inteira molhada, pelo menos eu estava de chinelo, e graças a Deus em terra firme, passei tanto medo na ida que cogitei a ideia de morar na ilha rs.



Nós alugamos uma casa para ficar lá então levamos comida congelada de casa para não termos muitos gastos extras com alimentação, mas pode ir tranquilo que lá na ilha tem pousadas com diárias que incluem café da manhã, tem restaurantes (os preços são bem parecidos com os de Curitiba), e tem um mercadinho que da para comprar comidas, frutas e bebidas.



Se você esta procurando por sossego e tranquilidade esse é o lugar certo já que não tem muito o que fazer de noite e não esta cheio de turistas, só tem os moradores mesmo e esses usam a noite para dormir, nós aproveitamos para ficar na beira da areia comendo salgadinho e apreciando as estrelas ao som do mar, e por falar em mar a água é quentinha, pensa em um mar bom para banho além de quente é calmo poucas ondas dá para curtir bem a praia se você for peixinho ou sereia ♥



Agora quer um conselho? A ilha é cheia de trilhas de acesso as praias, porém nessas trilhas tem muito bichinhos se você for igual eu que tenho alergia no primeiro dia você já vira um baia cu com tantas picadas, mas o que os nativos não te contam é que você consegue acessar as praias pela areia, pode ser que de mais volta, mas vale muito mais a pena, já que você caminha ao lado do mar.



Aproposito lá também tem um rio que passa pertinho do mar, você consegue atravessar ele para chegar no oceano pois ele não é fundo. Enfim gente o passeio é lindo, agora vamos falar sobre a volta, voltar foi um sonho decidimos vir no domingo de manhã para não pegar o mar tão agitado, mas o mar ainda estava muito agitado então pagamos um pouco mais e voltamos pelo rio, deu R$ 70,00 por pessoa a volta e o trajeto demorou uma hora e quarenta minutos, sim de muito rio e oceano, vimos golfinho e pra mim já valeu a pena. 



A volta foi muito tranquila gente nem deu medo, só que é cansativo todo esse tempo de barco, a parte boa é que o piloto foi fazendo um tour com a gente e explicando sobre as ilhas ao redor, as diárias sai em torno de R$ 180,00 por dia, no total gastamos R$ 690,00 por casal o final de semana, incluindo diária, restaurante (uma noite), mercado, gasolina e travessia, achei super em conta já que ano passado gastamos esse valor por pessoa pelo mesmo tanto de dias (no caso o final de semana, entrando na sexta).

Enfim amores, eu querendo fazendo um post pequeninho e quase escrevi um livro aqui, mas é isso se você quer ir para um lugar calminho vai pra ilha, de mascara e com todos os cuidados é claro!



0 comentário

Postar um comentário